Carlos Teodoro José Hugueney Irigaray, Cristiane Derani
e Anete Garcia Fiuza

Com a presença dos co-autores Anete Garcia Fiuza, Carlos Teodoro José Hugueney Irigaray e Guilherme José Purvin de Figueiredo, o Instituto Brasileiro de Advocacia Pública lançou na noite do dia 3 de dezembro, na cidade de Cuiabá-MT, o livro “Direito Ambiental: 45 Anos – Estudos e Reflexões”.
O lançamento se deu por ocasião do encerramento do IV Congresso Internacional de Direito Agroambiental, evento do qual participaram os associados do Ibap Carlos Teodoro Irigaray, Guilherme Purvin e Patryck de Araujo Ayalla, além de diversos professores de Direito Ambiental do Brasil e do exterior, como Parícia Faga Iglecias Lemos (USP), Jeff Wade (Universidade da Flórida), Cristiane Derani (UFSC) e José Heder Benatti (UFPA). O evento está sendo realizado pelo quarto ano consecutivo pela Universidade Federal do Mato Grosso em Cuiabá. O tema central deste ano foi “O Direito e as Mudanças Climáticas na Amazônia Legal”. 
Robertson Azevedo (MP-PR), Patrícia Faga Iglecias Lemos (USP),
Guilherme J.Purvin de Figueiredo (PGE-SP), Patryck A. Ayalla (PGE-MT),
Carlos Teodoro Irigaray (PGE-MT) e Jeff Wade (Un.Flórida)

O associado Carlos Teodoro Irigaray, professor da UFMT integrou a Mesa Redonda do II Encontro Nacional de Prática Jurídica Ambiental, na tarde do dia 2.12. Guilherme José Purvin de Figueiredo (PGE-SP) expôs na manhã do dia 3.12 sobre o tema “A função socioambiental da propriedade e a rpoteção jurídica da sociodiversidade no Direito Brasileiro”, ocasião em que discorreu sobre o Protocolo de Nagoya e sobre as tentativas de revogação do Código Florestal brasileiro. Patryck de Araujo Ayalla (PGE-MT) proferiu a palestra de encerramento na noite do dia 3.12, discorrendo sobre o tema “Sensibilidade ecológica e o Direito Ambiental de segunda geração”. Após o encerramento do congresso, foi realizada sessão de autógrafos do livro “Código Florestal: 45 Anos – Estudos e Reflexões”. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *