A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia de Minas aprovou no último dia 13 de abril moção de aplauso ao IBAP pela publicação do manifesto “em defesa da história, dos direitos humanos e da probidade administrativa”, aprovando, também, a inserção do documento nos anais da Casa.
O presidente da comissão, deputado Durval Ângelo, autor da proposta, destacou em sua fala a história do Ibap e seu papel social, bem como a oportunidade do referido manifesto.
A aprovação desse requerimento aconteceu em um contexto singular, já que foi a única proposta de autoria de parlamentar da oposição a ser aprovada na reunião, devido, especialmente, à seriedade e lisura da trajetória histórica do IBAP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *