Curso Internacional Judicial de Atualização em Direito Ambiental e Agrário
Belém, 27-29 de agosto de 2014
Local: Hangar Centro de Convenções
Av. Dr. Freitas s/n – Marco – Belém – Pará – CEP: 66.613-902
Programa
Quarta-Feira, 27 de Agosto
                   
18h00  – Abertura
Tribunal de Justiça do Pará (TJPA)
Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB)
Associação dos Juízes Federais (AJUFE)
Escola Nacional da Magistratura (ENM)
Associação Brasileira do Ministério Público de Meio Ambiente (ABRAMPA)
Associação dos Magistrados do Pará (AMEPA)
Instituto O Direito por um Planeta Verde (IDPV)
Banco Mundial
Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA)
Banco Nacional de Desenvolvimento Social – BNDES – Fundo Amazônico
19h30min – 20h30min – Conferência de Abertura: A Proteção da Floresta Amazônica
Presidente: Desa. Luzia Nadja Guimarães Nascimento, Presidente, Tribunal de Justiça do Pará
Conferencista: Ministra Izabella Teixeira (Ministério do Meio Ambiente)
Quinta-Feira, 28 de Agosto
Plenária:
8h30 – 10h30  – Tendências do Direito Ambiental Comparado
Presidente: Desa. Luzia Nadja Guimarães Nascimento, Presidente do Tribunal de Justiça do Pará
Palestrantes: Ben Boer (Professor, Faculdade de Direito, University of Sydney); David Hunter (Professor, American University, Washington DC);
Elizabeth Mrema (PNUMA, Nairobi), e Nicholas Robinson (Professor, Pace University Nova York).
10h30min – Coffee Break
11h00
Conferências: O Juiz e o Direito Ambiental
Presidente:
Conferencistas: Ministro Ricardo Lorenzetti (Presidente, Corte Suprema da Argentina, e Professor, Universidade de Buenos Aires) e Ministro Antonio Herman Benjamin (STJ).
1200 Almoço
14h00 – 15h00 –
Plenária:
Tendências do Direito Ambiental e do Direito Agrário no Brasil.
Presidente:
Direito de Propriedade e Ambiente: teoria e jurisprudência
Palestrante: Lucas Abreu Barroso (Advogado e Professor, UFES)
O CAR e a regularização fundiária: elementos para legitimação do direito à propriedade
Palestrante: José Heder Benatti (Professor UFPA)
Aspectos Jurídicos e práticos da grilagem
Palestrante:Girolamo Domenico Treccani, (Professor UFPA).
15h00 – 15h30min – Coffee Break
Oficinas Simultâneas
15h30min – 19h00
Oficina I (Magistrados)
Oficina II (Ministério Público, Advogados Públicos e Órgãos Ambientais)
Oficina I: Novo Código Florestal
Regime da Reserva Legal e das APPs – Luzia Santos, (Juíza de Direito Pará).
Cadastro Ambiental Rural – Duília Sgrott Reis – (Juíza de Direito, Rondônia), Eliane Moreira (Promotora de Justiça, Pará)
Recuperação Fundiária e Ambiental – Brenda Britto (IMAZON)
Conflito intertemporal e a Resolução Conama 303/2002 – Clarides Rahmeier, Juiza Federal, Vara ambiental, Porto Alegre, RS
PRA : reflexos na responsabilidade penal (anistia?) – Eladio Lecey (Secretário Geral – ENM)
Relatora: Patricia Antunes Laydner, Juíza de Direito, RS
Oficina II: Lei Complementar 140/2011: competência administrativa e judicial
Tipologias para os estados e critérios para os municípios – Raimundo Moraes – (Ministério Público -PA)
Intertemporalidade dos processos administrativos – arts 18 e 19 – Mariana Cirne, AGU/Casa Civil
Conceito de órgão capacitado (qual é o critério?) e Manifestação não vinculante e inépcia do licenciamento – Silvia Cappelli,(Ministério Público, RS) – José Mauro O’ de Almeida, (MMA)
Fiscalização na LC 140 – Henrique Albino Pereira, (AGU)
Relator: Eduardo Wendling, Advogado, RS
Sexta-Feira, 29 de Agosto
8h30min – 12h30min Plenária:
Desmatamento, serviços ambientais, responsabilidade civil e penal
Presidente: José Rubens Morato Leite, Presidente, Instituto O Direito por um Planeta Verde
Panorama do desmatamento e queimadas na Amazônia
Palestrante: Elis Araújo(Pesquisadora, Imazon)
Ações de combate ao desmatamento e queimadas na Amazônia
Palestrante: Luciano de Menezes Evaristo (Diretor de Porteção Ambiental do IBAMA)
Serviços ambientais e responsabilidade civil
Palestrante: Annelise Steigleder, (Promotora de Justiça especializada em meio ambiente RS).
Desmatamento, queimadas e responsabilidade penal – Eladio Lecey, (Desembargador aposentado e Secretário Geral da Escola Nacional da Magistratura).
10h00 -10h15 – Coffee Break
12h30min – Almoço
14h00 – 18h00
Oficinas Simultâneas
Oficina I (Magistrados) e Oficina II (Ministério Público, Advogados Públicos e Órgãos Ambientais)
Oficina I: Lei Complementar 140/2011: competência administrativa e judicial
Tipologias para os estados e critérios para os municípios – Raimundo Moraes, (Ministério Público, PA).
Intertemporalidade dos processos administrativos – arts 18 e 19 – Mariana Cirne, (AGU/Casa Civil)
Conceito de órgão capacitado (qual é o critério?) e Manifestação não vinculante e inépcia do licenciamento – Silvia Cappelli – (Ministério Público, RS).
Planos de manejo florestal sustentável – arts. 31 §2° a 34 do Código Florestal – José Mauro O’ de Almeida – (MMA).
Fiscalização na LC 140 – Henrique Albino Pereira (AGU).
Relator: Eduardo Wendling, Advogado, RS
Oficina II: Novo Código Florestal
Regime da Reserva Legal e das APPs – Luzia Santos, (Juíza de Direito Pará).
Cadastro Ambiental Rural – Duília Sgrott Reis – (Juíza de Direito, Rondônia), Eliane Moreira (Promotora de Justiça, Pará)
Recuperação Fundiária e Ambiental – Brenda Britto (IMAZON)
Conflito intertemporal e a Resolução Conama 303/2002 – Clarides Rahmeier, Juiza Federal, Vara ambiental, Porto Alegre, RS
PRA : reflexos na responsabilidade penal (anistia?) – Eladio Lecey (Secretário Geral – ENM)
Relatora: Patrícia Antunes Laydner, Juíza de Direito, RS
Promoção:
Tribunal de Justiça do Estado do Pará
AMB – Associação dos Magistrados Brasileiros
ENM – Escola Nacional da Magistratura
IDPV – Instituto O Direito por um Planeta Verde
FONAMA – Forum Nacional de Magistrados e Ambiente
Apoio institucional:
AJUFE – Associação dos Juízes Federais
AMEPA – Associação dos Magistrados do Estado do Pará
Escola da Magistratura do Estado do Pará
ABRAMPA – Associação Brasileira do Ministério Público de Meio Ambiente
Rede Latinoamericana de Ministério Público Ambiental
IBAP – Instituto Brasileiro da Advocacia Pública
APRODAB – Associação de Professores de Direito Ambiental do Brasil
PNUMA – Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente
BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Social – Fundo Amazônico
UICN – União Internacional de Conservação da Natureza – Comitê Brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *