Entre os convidados estão entidades representativas, órgãos que fiscalizam o dinheiro público, organizações que combatem a corrupção e sociedade civil

Observatório Social do Brasil – São Paulo (OSB-SP) realizará no dia 03 de março de 2016 o evento para a Assembleia de Criação do Observatório Social da capital paulista. O convite é aberto a todos os moradores da cidade de São Paulo, e acontecerá das 19h às 21h, no Auditório da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP), no bairro da Liberdade.

A data marca a realização da Assembleia de Constituição do OSB-SP; no mesmo evento, será aprovado o Estatuto Social e eleito e empossado o Conselho Diretor e Conselho Fiscal do observatório do município de São Paulo.

No lançamento do OSB-SP, em 9 de dezembro de 2015, pelo menos 200 pessoas – entre representantes da sociedade civil e de 50 entidades representativas – compareceram para prestigiar o nascimento do observatório social paulistano.

Trata-se de uma organização criada pela sociedade civil, que promove a cidadania fiscal e trabalha pela transparência na gestão dos recursos públicos da cidade. Profissionais de diversas áreas, estudantes, aposentados, donas de casa e cidadãos comuns poderão ajudar na monitoração de políticas públicas, instituídas para os moradores do município.

“Com ênfase na ação preventiva, os observadores trabalham para evitar o mau uso dos recursos públicos em cada cidade onde há atuação de um observatório social”, informa Paulo Abrahão, Coordenador Voluntário do FobSampa – Fórum de formação do Observatório Social na cidade de São Paulo, criado há quase dois anos.

Atualmente a Rede Observatório Social do Brasil (OSB) está presente em mais de 100 cidades brasileiras, espalhadas por 19 Estados. Nos últimos três anos, 50 municípios já tiveram a economia de R$ 1 bilhão aos cofres públicos locais.

Órgãos de Controle Social, entidades representativas (sociais e empresariais) grupos sociais organizados e investidores sociais apoiam esta iniciativa com forma de impedir a corrupção e auxiliar a gestão municipal a gerir melhor os recursos advindos dos impostos dos paulistanos.

Conheça alguns dos mais de 50 Apoiadores do Observatório Social do Brasil – São Paulo (OSB-SP):

ANABB – Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil, Arquidiocese de São Paulo – pela Pastoral Fé e Política, ACSP – Associação Comercial de São Paulo, ASDPESP – Associação dos Servidores e Servidoras da Defensoria Pública do Estado de São Paulo, CAASP – Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB-SP, CGU – Controladoria-Geral da União, CIESP – Centro de Indústria do Estado de São Paulo, CGM – Controladoria Geral do Município de São Paulo, CRC-SP – Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo, Movimento Social Educafro, Faculdade Sumaré, FECAP – Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado, FENASTC – Federação Nacional das Entidades dos Servidores dos Tribunais de Contas do Brasil, FIESP – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, GEFESP – Grupo de Educação Fiscal do Estado de São Paulo, Instituto Ethos, IBAP – Instituto Brasileiro de Advocacia Pública, Instituição Maçônica “Grande Oriente de São Paulo”, IBPT – Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação, Instituto Viva Cidadania, IRES – Instituto ADVB de Responsabilidade Socioambiental, MCCE – Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, Ministério Público do Estado de São Paulo, Ministério Público Federal, MPD – Movimento do Ministério Público Democrático, Movimento Voto Consciente, OAB-SP – Ordem dos Advogados do Brasil – Seção de São Paulo, PNEF – Programa Nacional de Educação Fiscal na Receita Federal em São Paulo, PNBE – Pensamento Nacional das Bases Empresariais, REBRATES – Rede Brasileira do Terceiro Setor, Receita Federal do Brasil – São Paulo, SINDILEX – Sindicato dos Servidores da Câmara Municipal e do Tribunal de Contas do Município de São Paulo, SIMPI – Sindicato da Micro e Pequena Indústria do Estado de São Paulo, SINAL – Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central, TCM – Tribunal de Contas do Município de São Paulo, UNACON SINDICAL – Sindicato Nacional dos Analistas e Técnicos de Finanças e Controles, APF – Associação Paulista de Fundações, AESCON – Associação das Empresas de Serviços Contábeis, CNSP – Confederação Nacional dos Servidores Públicos, FASP – Federação dos Servidores Municipais de São Paulo, IBRACON – Instituto dos Auditores Independentes do Brasil, Programa de Voluntariado da Classe Contábil, Programa Nacional de Educação Fiscal na Receita Federal em São Paulo, REBRATES – Rede Brasileira do Terceiro Setor, Rede Nossa São Paulo, SESCON – Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis, SINDCONT-SP– Sindicato dos Contabilistas de São Paulo, SINDIRECEITA – Sindicato Nacional dos Analistas Tributários, SINDIFISCO – Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal, UNAFISCO – Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil.

 

Evento: Assembleia de Criação do Observatório Social do Brasil – São Paulo (OSB)

 

Dia: 03 de março de 2016 (quinta-feira)

Horário: das 19h às 21h

Local: FECAP – Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado

Endereço: Av. da Liberdade, 532 – São Paulo/SP – 01502-001

Mais Informações pelo site: www.ossp.net.br / Facebook: Fobsampa, por e-mail: fobsampa@yahoo.com.br ou pelo telefone (11) 9 8539 3321

 

Informações para a imprensa:

Thiago Ermano

Agência Fiquem Sabendo

(11) 9 8539 3321

thiago@fiquemsabendo.com.br

www.fiquemsabendo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *